Notícias  » Geral

Manual básico de regras do Society no Chuteira

           

Algumas das regras do society causam discussão e polêmica; compilamos a maioria delas para você entender e não reclamar à toa
Para ajudar a todos a aproveitar o máximo e evitar reclamações sem razão, fizemos uma compilação de algumas das principais dúvidas referentes a regras adotadas pelo F7, o futebol Society, e o Chuteira de Ouro. Se você tem alguma dúvida, mande pra gente aí nos comentários ou por e-mail que traremos a explicação!
 
Para entrar e permanecer em campo:

- Toda pessoa dentro de quadra deve entregar documento na mesa

- Comissão técnica não pode permanecer dentro de quadra usando chinelos ou camiseta regata

- Nenhum jogador poderá jogar com apetrechos que possam levar perigo à integridade física dos demais (brinco, piercing, anel, corrente, roupa com zíper, tala etc.)

- todo uniforme deve ser numerado, inclusive camisa do goleiro
 
Questões de jogo:

- em início e reinício de jogo, a bola poderá ser rolada para qualquer direção, inclusive para trás

- não vale gol diretamente de início ou reinício de jogo

- pedido de tempo pode ser feito com a bola parada em qualquer momento, não necessariamente em sua posse de bola

- cada time terá apenas um pedido de tempo a ser solicitado em qualquer momento da partida

- jogador de linha pode bater tiro de meta com os pés; goleiro com as mãos e os pés

- o goleiro só pode permanecer de posse ou domínio da bola em qualquer parte do campo por até 05 segundos; depois disso, é anotada falta pessoal e bate-se o tiro livre de onde estiver a bola na hora da paralisação – se dentro da área, coloca-se no bico da mesma

- o não uso de caneleira e a substituição errada são passíveis apenas de advertência quando da primeira vez; em caso de reincidência, deve-se, aí sim, aplicar o cartão amarelo. Caso ocorra o flagrante, a partida deve ser paralisada e marcado o tiro livre contra a equipe do infrator no local onde a bola se encontrava. Se dentro da área, deverá ser colocada no bico da mesma. Uma falta pessoal será somada ao infrator

- não se paralisa a partida para a substituição etorno do goleiro, independente da equipe estar utilizando goleiro linha

- não vale gol direto de escanteio ou lateral, mesmo tocando no goleiro, exceto se o mesmo estiver fora da área

- o recuo intencional é permitido ao goleiro pegar com as mãos se feito com a cabeça e se não ficar configurado o antijogo (jogada forçada). Qualquer recuo intencional com outra parte do corpo, inclusive bola oriunda de cobrança de lateral, será marcada infração do local de onde a bola foi recuada. Se dentro da área, a bola será colocada no bico da mesma. Toda falta oriunda de recuo é considerada pessoal

- o jogo será dado como finalizado se uma equipe ficar reduzida a 3 atletas no total
 
Questões de faltas:

- as faltas são de natureza pessoal, disciplinar e técnica. Computam como falta coletiva apenas as disciplinares e técnicas, ou seja, faltas pessoais não entram na contagem de faltas coletivas

- cartão amarelo aplicado a comissão técnica e integrantes do banco de reservas somam como faltas coletivas

- Para efeito de contagem de faltas coletivas, só será somada uma falta coletiva para equipe cujo atleta tenha cometido duas ou mais infrações no mesmo lance. Outros atletas que venham a receber cartão amarelo no lance somam como novas faltas e somam nas faltas coletivas.

Exemplo: jogador faz falta e xinga. Toma o cartão amarelo e saiu xingando e recebe o vermelho. Outro jogador reclama e recebe cartão amarelo, assim como alguém do banco de reservas. Total de 3 faltas coletivas – uma do jogador da infração original e uma de cada cartão amarelo aos demais.
 
Questão de shoot out:

- o shoot out só será marcado quando a 6ª falta for de natureza técnica (e não pessoal ou disciplinar)

- o jogador a bater tem até 5 segundos para tocar na bola após o apito do árbitro. Ninguém pode se adiantar – demais jogadores de linha e goleiro adversário – até que a bola seja tocada

- o goleiro deve permanecer com um dos pés sobre a linha do gol até que o batedor toque na bola
 
Questões de mão na bola ou bola na mão:

- Caso a bola toque ou bata na mão do atleta e o mesmo obtenha vantagem no lance, deve ser marcada a falta sem advertir com cartão amarelo

- Caso a bola toque ou bata na mão do atleta e o mesmo não obtenha vantagem no lance, não deverá ser  marcada falta

- No caso de bola desviada ou bate rebate e a bola bata ou toque na mão do atleta, não se deve marcar falta

- Em caso de mão na bola intencional, marcar-se-á a falta e adverte-se o jogador com cartão amarelo; no caso de se impedir um gol, deverá ser mostrado o cartão vermelho
 
Outras questões:

- jogo brusco grave: jogadas consideradas perigosas e que coloquem em risco a integridade física do adversário são consideradas infração. O famoso carrinho, se dado com o jogador adversário em domínio da bola ou colocando em risco sai integridade física, deve ser marcado como lance faltoso. Se atingir o adversário, fica a critério do árbitro se cartão amarelo ou vermelho

- situação clara de gol: qualquer atleta, inclusive o goleiro, que impedir uma situação clara de gol através de uma falta receberá o cartão vermelho (mesmo em lance de shoot out)

- lei da vantagem – não se deve dar vantagem para jogadas no campo de defesa da equipe e, em caso de lance para expulsão, a jogada deve ser paralisada imediatamente.
 
 
 
 

Comentários

Total (3)
  1. Lucas P. 18-03-2017 00:34:42

    Robson, qualquer lugar dentro da área com a bola parada!


    Robson Domingos Barbosa de Lima Interativo 17-03-2017 21:01:26

    Para a cobrança de tiro de meta, o jogador de linha pode cobrar de qualquer lugar dentro da área ou tem um lugar específico para tal?


    Tebas MachuPichu 17-03-2017 16:56:52

    Seria bom os árbitros lerem isso pq a maioria não sabe nem a metade do que está mencionado na matéria! Bom campeonato a todos...