Notícias  » Jogos

SORRY, BORRACHOS!

       

Justin brilha e ajuda Midfielders a vencer mais uma antes do mata-mata
Com grande atuação de Justin e Lebrão, o Midfielders resolveu a parada no primeiro tempo e venceu o Los Borrachos Jrs. por 3 x 1. Nas oitavas de final, o time de rosa vai encarar o Loloverpool; já os bebuns pegarão o Gigantes. Vevê e Ike foram os outros destaques do Mid, enquanto Lucas, Bernard e Victor foram bem pelo Borracho. A equipe sentiu a falta do defensor bom de bola, Thomas, lesionado no início da partida em dividida com Justin, além do irmão Olivier, o pivô que estava suspenso. Vamos ao jogo.
 
No primeiro lance de perigo, Bernard mandou um foguete de canhota na rede, só que do lado de fora. Na resposta do Midfielders, Crossfit deu uma fatiada na gorduchinha e quase marcou o primeiro em grande estilo. Depois Kilter entregou a paçoca, mas Pedro, meio desengonçado, conseguir soltar apenas um peidinho para defesa tranquila do goleiro. Bernard teve chance clara para deixar os bebuns na frente, mas parou em grande defesa de Kilter à queima-roupa, se redimindo da bobagem no começo da peleja. Bernard mandou o chuveirinho na área, e por pouco Thomas não marcou de cabeça. Victor soltou a patada atômica da meiuca, porém Kilter fez a defesa em dois tempos. Borrachos começa em cima, mas o tal de futebol não tem lógica e o Midfielders tratou de aproveitar. Rod brigou com os zagueiros bebuns e a bola sobrou limpa para Ike mostrar oportunismo e guardar lá dentro. 1 x 0!
 
Bernard queria a resposta imediata e bateu mascado ganhando escanteio. Na sobra do corner, Thomas dividiu com Justin e levou a pior, precisando deixar a partida. Justin se aproveitou da fragilidade da defesa bebum sem Thomas e deu uma penteada em dois rivais, que ficaram mais perdidos do que cachorro em dia de mudança. Na sequência da jogada, o 8 rosa deu tapa de qualidade para grande defesa de Iago. Seria um golaço! Victor soltou a bomba atômica na cobrança de falta e carimbou o poste. Quase o empate no jogo que começou no 220. Gabriel também tentou surpreender na cobrança de falta, mas isolou a gorducha lá na Marquês de São Vicente. Depois ele recebeu de Bernard, porém novamente isolou a redonda. Coitada dela! Foi então que brilhou a estrela de Justin, que meteu um bolão de cinema para Lebrão deixar para Ike ser desarmado na hora da conclusão por Iago. Bernard bateu da meiuca, mas Kilter não teve trabalho para fazer a defesa. Tempo Los Borrachos Jrs.
 
Na volta do bate-papo, Pedro teve chance clara de frente para o gol, mas finalizou para fora. No contra-ataque mortal, Lebrão chapou no canto, sem chance de defesa. 2 x 0! Logo após balançar a rede, Lebrão bateu cruzado com perigo e quase fez mais um. Bernard tentou de longe, sem sucesso. Vevê meteu o veneno na pelota e ficou no quase. Victor serviu Lucas, que ameaçou bater, deixou o zagueiro rosa na saudade e finalizou a centímetros do gol. Justin meteu um bolão para Lebron, que na cara do gol vacilou na hora de dominar e perdeu a chance de fazer o terceiro. Lucas poderia ter feito o primeiro dos borrachos, mas errou o alvo por pouco mais uma vez. Vevê respondeu com outra boa jogada individual e paulada para ótima defesa de Iago. No último suspiro, Justin fez o que quis com a zaga bebum e bateu de bico à la Romário para guardar o seu em grande estilo. 3 x 0! Sorry, Borrachos, my name is Justin!
 
Na primeira boa jogada da etapa final, Victor deu uma chega para lá em Justin. Falta para o Midfielders. O 8 rosa bateu com veneno e carimbou o poste de Iago. No contragolpe, Bernard poderia ter feito o primeiro dos bebuns, mas finalizou para fora. Lebrão serviu Ike, mas antes dele chegou o goleirão para ficar com a bola. Depois Lebrão atacou de garçom duas vezes e deu a cestinha para Vevê e Ike pararem em duas boas defesas de Iago. Na resposta, Victor tocou para Bernard, que deixou para Lucas perder mais uma chance claríssima ao finalizar por cima do gol. Ike respondeu com chute de bico para fora. Na tréplica, Victor bateu e contou com desvio para quase marcar. Lebrão calibrou o chute de longe e por pouco Iago não engoliu um senhor peru. Aos mais velhos, o lance lembrou muito a defesa do goleiro Pagliuca em chute de Mauro Silva na final da Copa do Mundo de 1994, entre Brasil e Itália. A gorduchinha escapou de suas mãos, bateu na trave e voltou para o goleirão - que deu muita sorte.
 
Na segunda parte da etapa final, Lebrão chutou sem potência e Iago agarrou a redonda sem problemas. A resposta do Los Borrachos merecia uma placa. Lateral cobrado e Bernard se inspirou em Bebeto (ex-atacante da seleção brasileira), emendando um voleio cheio de estilo para marcar um golaço e colocar o time na parada. 1 x 3! Justin respondeu com duas fintas nos marcadores, mas na hora do arremate ele foi travado pela defesa bebum. Crossfit cobrou lateral para Lebrão, que finalizou mal. Depois Vevê meteu um bolão para Lebrão testar firme e Iago ficar com a bola sem maiores problemas.
 
Lucas queria guardar o seu e, após bonita finta, bateu por cima do gol. Já Bernard queria marcar mais um e teve uma chance claríssima. O 10 borracho, porém, caprichou demais ao tentar encobrir o goleiro e mandar a gorducha para fora. Faltava aos bebuns um grande finalizador. No contragolpe, Justin tabelou com Lebrão e exagerou na força ao finalizar. Crossfit, livre na ponta, reclamou com o parça com pinta de artista. Nos últimos minutos, cada time teve duas chances. Lucas e Victor exigiram boas defesas de Kilter, e Lebrão e Justin ficaram no quase. Fim de papo. Chegou a hora do mata-mata e agora será o momento de separar os homens dos meninos. Quem viver, verá!
 
Ficha técnica
 
Los Borrachos Jrs. 1 x 3 Midfielders – Rodada final de classificação da V Copa Estrelato
 
Gols: Bernard (LB); Ike, Lebrão e Justin (M)
 
Cartões amarelos: Victor (LB); Yamamoto (M)
 
MVPs: 1 – Justin (Midfielders) 2 – Lebrão (Midfielders); 3 – Lucas (Los Borrachos Jrs.)
 
 

Comentários

Total (0)