Notícias  » Jogos

ATÉ O MOMENTO – DIGAMOS - LÍDER ISOLADO

       

No duelo pela liderança, Danonight leva a melhor e é o primeiro em pontos perdidos
Na sexta rodada da sexta Copa Estrelado, o Danonight mostrou eficácia na primeira etapa e depois, só administrou a vitória perante o adversário direto pela liderança do grupo, o Kiwi SP. Jogando de laranja, o destaque foi para o defensor Quintal e o atacante Gagol. Pelo lado do Kiwi, o craque Interiorana da quarta rodada, Lipe, mais uma vez se destacou e procurou ajudar a sua equipe a reagir. Não rolou! As meninas compareceram na torcida para prestigiar os vencedores na quadra 11 e também sentiram o ‘tirar o pé do acelerador’. Vamos lá!
 
O primeiro lance foi do Danonight, com Zeppini. O chute saiu à esquerda de Guigo, um dos goleiros do Kiwi SP. No lance seguinte, mais Guigo em ação. Após a bola passar por baixo dos pés de Alemão, dentro da área, Guigo chegou rasgando para afastar o perigo. Lipe, ainda dormindo, fez o lance padrão de Alemão e também deixou a pelota escapar. Menos pior que estava no ataque. Galera do Kiwi começou dormindo. E olha o Guigo de novo! Gagol chegou chutando rasteiro para boa intervenção do arqueiro. Pelo lado frutoso, Stein recebeu na intermediária direita, fez de conta que abriria para a ala e enganou a todos. A bola foi chutada pelo meio e Johnny fez grande defesa. O lance foi comemorado pelos “só” 12 jogadores no banco do Kiwi SP. Aliás... Parabéns pela quantidade de jogadores.
 
No vai e volta do sol, a bola estava queimando nos pés dos jogadores. No aspecto estratégico, o Kiwi ia explorando o pivô e o Danonight preferiu os contragolpes. Acionem o Lipe, craque Interiorana da rodada quatro! O kiwi 11 chutou e foi interceptado pelo 11 adversário, o capita Mahana. A bola desviou e bateu na trave esquerda. UUUHHHFA! Na reposição, Quintal lançou bola da área de defesa e essa encontrou os pés chapados de Gagol, lá na esquerda. O avante só ajeitou para Zeppini bater de prima, por baixo as pernas de Guigo, infelizmente ou finalmente vencido. 1 x 0! Danonight na frente e abrindo o caminho para a liderança do grupo.
 
Ampliando! O danonight 22 com nome iluminado gostou da vantagem e, empolgado com as luzes do cabelo de Gagol, mandou foguete rasteiro para vencer Guigo pela segunda vez. 2 x 0! E o Danonight estava sedento debaixo do sol. Falta pela esquerda quase na linha do shoot out. Gagol foi para a bola e, inspirado na falta de Ronaldinho Gaúcho contra o Santos na Vila Belmiro, bateu por baixo da barreira e correu para o abraço, beijinhos para as meninas torcedoras e para uma outra galera menos delicada do outro lado da quadra. GOLAÇU! 3 x 0! Tudo isso antes dos 12 da primeira etapa.
 
Na tentativa de reação, Lum, não o Luz. O Lum é do Kiwi. O canhoto puxou para a esquerda e mandou longe do gol de Johnny. Na devolução, Pinas fez um giro maluco e chutou mascado. Dessa vez não venceu Guigo. Stein bateu falta e mandou o kiwi na barreira. O homem do jogo até o momento, Gagol, aplicou um rolinho sem querer querendo na direita e mandou um balaço baixo. Guigo pulou para a direita para evitar o quarto tento. DEFESAÇA! Para não perder a conta, o quarto lance padrão tosqueira do jogo. Dessa vez, a bola passou por baixo dos pés de Pepa. Alemão fazendo muitos discípulos.
 
E daí, quando citei que Gagol era o homem do jogo, o robusto Quintal começou a mostrar porque é ele o dono do quintal. A primeira amostra, depois daquele lançamento monstro do primeiro gol, foi de dar uma acalmada na zaga, controlando a redonda e depois afastando, sem desespero. De tanto ver a falta de resultados no ataque, o goleirão Guigo resolveu dar uma bica no gol, lá da sua área mesmo. E não é que Johnny se atrapalhou todo e quase entrega a paçoca?! Cedeu escanteio, que não deu em nada e a arbitragem encerrou a primeira etapa.
 
Na segunda etapa, o Kiwi apresentou seu acrobático goleiro-ninja, Elias. Gagol, já querendo testar o novo guarda-metas, recebeu passe açucarado na esquerda e, há dois metros do gol, mandou pra fora. NÔCREDIIITO! Lipe respondeu e chutou em direção ao estacionamento. Pau a pau aí com o Gagol. Gagol de novo! O danonight 99 avançou e tocou de calcanhar ao encontro de Pinas, que chutou pra fora. Pelo Kiwi, Lum fez Johnny desviar a bola com os olhos. O chute saiu à esquerda. Até o momento, o Kiwi até que aumentou o seu volume de jogo, mas não acertava o alvo. E isso é ótimo para um adversário que nitidamente já flambava o kiwi. Jogo morno debaixo de um sol nada sussa.
 
Mahana em ação! Na cabeçada à queima-tudo, Elias espalmou. INCRÍVEL! Daí, o goleirão afastou o perigo no escanteio. A bola sobrou no quintal de... SABE DE QUEM?! Simmm! Do danonight 77 e agora, dono de meu coração para meu MVP. O defensor mandou por cima o chute perigosíssimo que passou à esquerda em direção ao ângulo. A insistência – de leve – serviu para o laranja ampliar. Aos 12 minutos da segunda etapa, Quintal tocou para Kril, que ajeitou para K10 mandar no barbante e fazer 4 x 0!
 
Em nova tentativa de diminuir o sacode, Lipe recebeu lateral de Ste e chutou. Johnny espalmou e cedeu rebote. Daí, Lum mandou mais um foguete sem direção de gol. Levou perigo, até! E olha o Lipe marcando! Na confusão visual com 375 jogadores à sua frente, Johnny não conseguiu evitar o chute de Lipe, que passou em todos os lugares, menos nas mãos do goleiro. 1 x 4! Mesmo com o revés do gol, Quintal colocou ordem na casa de novo, com a bola no chão, acalmando a sua defesa. Mas o Kiwi queria mais. Lipe chegou cara a cara com Johnny, que operou milagre. E o Danonight pediu tempo.
 
Na volta, as meninas torcedoras, prevendo um final sem muitas mudanças, perguntaram: “quanto falta (pelo amor de Deus nesse calor) para acabar?!”. Ainda tínhamos oito minutos por vir. E segue o calor, porque ainda vai rolar muita coisa até o minuto final. O Danonight, talvez ouvindo o desejo feminino, resolveu colocar ação no game e aumentou. O capita levou, tocou para Zand, que devolveu a gentileza para Mahana bater com categoria. Bola no ângulo direito e 5 x 1! Belo gol! E tome mais! Dessa vez foi Zand que marcou. E o passe foi do capita. O danonight 9 não teve muito trabalho para empurrar. 6 x 1! Kiwi passado?!
 
Sim, mas não sem açúcar. Quem briga por liderança não entrega os pontos assim, tão fácil. Deu tempo para marcar duas vezes. Primeiro com Thida puxando o contra-ataque com Pepa. Chute sem chance para Johnny depois da desvantagem numérica de jogadores na jogada. 2 x 6! E Thida recebeu lateral na cabeça, cobrado por Thiva. O kiwi 7 só escorou na moleira e mandou no contrapé de Johnny, de cobertinha. 3 x 6! E fim de papo!
 
Depois da rodada, o Danonight assumiu a liderança com os mesmos 9 pontos de seu algoz até o momento, o Rachão fc70, única equipe que o derrotou (2ª rodada). Pelos pontos perdidos, já que o Danonight tem um jogo a menos, dá os laranjas nas cabeças, pelo menos até a 6ª rodada - que promete ser de arrepiar. Confira os confrontos: Só Nóis (4º com 7 pts) x Danonight (líder com 9 pts); Rachão fc70 (2º com 9 pts) x Kiwi SP (5º com 7 pts); fora que o Geração de Ouro (3º com 8 pts) pega o vice-lanterna Sagrado FB (apenas 1 pt)! Que venha o Sábado!
 
Ficha técnica
 
Danonight 6 x 3 Kiwi SP – 5ª rodada do XI Copa Estrelato
 
Gols: Zeppini, Luz, Gagol, K10, Mahana e Zand (D); Thida (2) e Lipe (K)
 
MVPs: 1 – Quintal (Danonight); 2 – Gagol (Danonight); 3 – Lipe (Kiwi SP)

Comentários

Total (0)