Notícias  » Jogos

FIM DA LETARGIA

       

Depois de duas derrotas seguidas, Rachão bate Kiwi e lembra o que é vencer
Para quem achava que o Rachão não estava levando a sério a competição, o time deu uma resposta contra o Kiwi e agora está na segunda posição do Grupo B. Gabrielzinho teve uma bela atuação, o que chamou seus companheiros de time para demonstrar um bom futebol e meter 5 x 4 na molecada de verde e branco.
 
O Rachão já começou no ataque com Tieppo tentando chegar na força física pelo lado direito, mas parando na defesa do Kiwi, que tirou para linha de fundo. Paquetá cobrou para o próprio Tieppo e Elias tirou a bola para frente. Na sequência, Gabrielzinho fez jogada pela esquerda, driblou um, levou até a linha de fundo, cruzou para dentro da área, mas não tinha ninguém para desviar para o gol.
 
Aos 3 minutos, Gabrielzinho recebeu no meio, foi levando para a direita, deu um rolinho em Alemão e acendeu um baita chute, fazendo a bola entrar no ângulo direito. Golaço! 1 x 0!
 
Após fazer o gol, o Rachão colocou a bola no chão até achar espaço, então Paço chutou da direita e o goleirão espalmou para escanteio. Enquanto isso, o Kiwi tentava dar problema para Piero, sem sucesso. Pois os chutes chegavam fracos, ficando fácil para o arqueiro encaixar.
 
Gabrielzinho queria mais. Ele foi levando pela direita, bateu no gol, mas a bola virou um passe para Tieppo, que deu uma leve desviada, mas Elias estava bem posicionado para fazer a defesa. Então, o Kiwi deu um susto no Rachão. Lum recebeu bola na direita, do jeito que ela chegou pingando ele chutou no ângulo esquerdo, a gorduchinha bateu na trave e saiu! Merecia!
 
Na volta de tempo, aos 13 minutos, Paquetá roubou a bola lá atrás, foi levando pelo meio, fez o passe em profundidade no sentido da área e lá estava Paço para bater no canto direito e aumentar o placar. 2 x 0!
 
O tempo foi passando e Alemão chutou do meio da quadra. Nessa, Stein estava passando na frente de Piero e desviou. O goleirão defendeu, mas a bola sobrou no pé do mesmo Stein, que encheu o pé para o fundo do gol. 2 x 1!
 
Para rebater o gol sofrido, Lipe chutou pela direita, mas saiu fraco, a pelota ainda resvalou na trave esquerda e foi embora. Então, os juízes apitaram avisando que era a hora do intervalo.
 
A partida voltou e, logo no início, Thida cobrou lateral da direita, em Lipe que chutou para fora. No contra-ataque, Gabrielzinho levou pela esquerda, achou Tieppo sozinho dentro da área e ele fez o mais difícil, dando um tapa na orelha da bola, mandando para longe do gol! Aí não, Tieppão! Então, na jogada seguinte, Gabrielzinho pensou: “Deixa que eu resolvo”. O camisa 11 estava com a bola na esquerda, cortou para a o meio e achou um chute forte, que morreu no canto esquerdo do goleirão Elias. 3 x 1! Passado um minuto, aos 4, no relógio, Tieppo se redimiu. Foi levando pelo meio na força física, ninguém chegou para dar o combate, então ele bateu forte no canto direito e deu tranquilidade para o Rachão. 4 x 1!
 
Aos 6 minutos, o Kiwi quis mostrar que ainda estava no jogo. Kant cobrou lateral da esquerda para dentro da área, João Pedro tirou, mas deu sobra na entrada da área e lá estava Lipe para bater forte no canto esquerdo, sem chances para Piero. 4 x 2!
 
Depois de fazer o gol, o Kiwi estava cantando algumas jogadas, praticamente dizendo onde iria tocar, assim, ficava fácil para marcar. Porém, em uma jogada aos 12 minutos, o time verde e branco encontrou o espaço e a rede. GB roubou a bola de Paquetá, levou para a linha de fundo, tocou para trás e achou Lipe sozinho para mandar para o fundo da rede. 4 x 3!
 
Como o Rachão já havia sofrido dois gols nesse segundo tempo, o time passou a sair mais para o jogo. Gaúcho começou a chamar as jogadas e, numa dessas, passou por Balda na direita e bateu de perto da área, obrigando Elias a fazer uma grande defesa com os pés. Logo após, o goleirão pegou mais uma. Gabrielzinho foi levando pela esquerda e bateu de direita, mas Elias estava lá para fechar a porta para ele. Diferente do que aconteceu aos 20 minutos, quando Piero pegou um chute de Stein do meio da rua. No contra-ataque, lançou Gabrielzinho na esquerda, esse cruzou para dentro da área e achou Boquinha para cabecear e ver a bola entrando aos pouquinhos no canto esquerdo. 5 x 3!
 
Aos 22 minutos, Alemão cobrou lateral para Vovô, que bateu, a bola desviou na zaga e sobrou no pé de Messi, que chutou no canto esquerdo, sem chances para Piero. 5 x 4!
 
Elias ainda fez uma defesa incrível. Pancada cruzada de Gaúcho após este dominar no peito na direita terminou em Tieppo escorando na trave esquerda e o goleirão salvando! Entretanto, não havia tempo para mais nada. O Rachão volta a vencer e agora descansa na próxima rodada, já o Kiwi pega o Só Nois que vem mordido em busca do triunfo.
 
Ficha técnica
 
Rachão 5 x 4 Kiwi – 6ª rodada da VI Copa Estrelato
 
Gols: Gabrielzinho (2), Paço, Tieppo e Boquinha (R); Stein, Lipe (2) e Messi (K)
 
Cartões amarelos: Boquinha, Paquetá e Tieppo (R); Messi, Lipe e Lum (K)
 
Cartões vermelhos: Pataxó (R); Messi (K)
 
MVPs: 1 – Gabrielzinho (Rachão), 2 – Gaúcho (Rachão), 3 – Lipe (Kiwi)

Comentários

Total (0)