Notícias  » Jogos

NA MARRA!

       

Senta os Alunos consegue gol salvador e volta ao Chuteira de Ouro com vitória
Em um dos jogos mais físicos e equilibrados da rodada, Senta os Alunos e Oscuro travaram uma batalha pelos três pontos na estreia. Com diversos lances que ficaram no quase, e gol do artilheiro magro Nih, o Senta fez valer o físico e segurou a velocidade dos jogadores do Oscuro, saindo vitorioso por 1 x 0 em seu retorno às competições do Chuteira de Ouro
 
Com a bola rolando, a primeira coisa que chamou a atenção foi a diferença física entre os times. Mais parrudo e com jogadores mais fortes, o Senta era o oposto do Oscuro, um time mais leve e de menos força física. À medida que iam se estudando as chances começavam a aparecer no começo de peleja. O primeiro a quase marcar foi Chico, que mandou uma rasteirinha rente à trave de Gian. 
 
O Oscuro levou perigo pela primeira vez, ironicamente, no jogo aéreo! Gu lançou no segundo pau, contou com a caçada de borboletas de Mazuco e a bola chegou para Fá cabecear quase que embaixo do gol. Os grandes cabeceadores diriam que o olho fechado foi o grande culpado. Boa chance!
 
O jogo era pegado. Denizio tentou uma jogada de ataque e caiu pedindo falta, mas a juizada interpretou como falta do próprio senta 11 e ainda aplicou o amarelo. Falando um pouco sobre a imposição, era impressionante como Careca fazia com perfeição o “trabalho sujo” defensivo do Senta os Amigos. Evitava com que Gu conseguisse trabalhar no pivô do Oscuro, dificultando bastante o jogo dos oponentes.
 
Quem chegou atrasado, no entanto, foi Ian. Depois de veloz escapada de Lipe pela esquerda, o senta 6 só deu no corpo e recebeu outro cartão pro Senta. Talvez essa tivesse sido uma arma boa pro Oscuro: forçar faltas através de jogadas mano a mano. Só que o Senta anulou bem isso. Na batida da falta, o próprio Lipe desperdiçou. 
 
O primeiro tempo foi passando e os dois times sentiam dificuldades na construção. E já sabe, né? Quando o 0 x 0 vai permanecendo por muito tempo no society é sinal de que os times estão muito certos na marcação, algo positivo de se destacar nessa peleja. 
 
A bola teimava em não entrar. Gu cobrou escanteio e a bola voltou pra ele, sem ângulo, bater forte e ver seu gol tirado praticamente em cima da linha, depois da amortecida de Mazuco. A bola ficou pipocando na área e ninguém conseguiu conferir. Inacreditável! Quase o Oscuro abria o marcador. E no lance seguinte aconteceu a ocasião mais inacreditável ainda. Fá deu um chapelaço quase sem espaço e, como último recurso (já que estava quase na linha de fundo), tentou encobrir o arqueiro do Senta. A bola deu duas quicadinhas no travessão e voltou pra cancha!! Que zero a zero insistente. 
 
E o primeiro tempo parecia mesmo estar amaldiçoado. Do outro lado, quando finalmente encontrou espaço, Gabiru disparou um tiro colocado lindo. A salafrária da bola pegou nas duas traves e não entrou! Chance incrível lá, chance incrível cá! Era uma teimosia só. De novo Gabiru tentou, Gian pegou e Bruninho ficou com a sobra. Ele foi procurando ângulo pra bater de esquerda e acabou errando o alvo. 
 
É válido destacar que, mesmo sem o nylon ter balançado até aquele momento, já chegando no final do primeiro tempo, o jogo não era ruim de se assistir. As duas equipes travaram um duelo interessante pra quem via de fora, principalmente porque saíam alguns lances plásticos, como o chapéu de futsal (aquele que você levanta a bola do chão) que Ian aplicou em Gu. Que beleza! O primeiro tempo terminou com esse lance e com a expectativa de gols para a segunda etapa. 
 
No tempo final, quem começou tentando dar as cartas foi o Senta. Careca lançou pro ataque e André conseguiu segurar. Nisso ele viu a aproximação de Perna e tentou a rolada. O chute saiu bloqueado. Ainda no campo ofensivo e querendo abrir o placar, André bateu prensado e a bola ficou oferecida para Chico pegar de primeira, no alto. O chute morreria no cantinho de Decão, mas faltou força e deu tempo do arqueiro se esticar todo e evitar o gol! 
 
Fá era a grande arma ofensiva do Oscuro. Em nova boa jogada individual, ele se livrou de dois marcadores e chutou forte e cruzado para o meio da área. Ninguém chegou a tempo de conferir. Os dois times seguiam perdendo oportunidades.
 
E pensem, se a peleja já estava truncada quando as equipes estavam descansadas, a tendência do segundo tempo foi o jogo cada vez mais lento e com as marcações bem encaixadas. Parecia que a vitória viria com mais rebatidas. Muitas ocasiões só aconteciam oriundas de erros individuais ou, ofensivamente, de inspirações individuais. Os dois ataques não funcionavam da forma como eles queriam. 
 
Como o jogo se desenhava dessa forma, as bolas paradas acabavam sendo grandes momentos. Careca, numa das poucas vezes que chegou atrasado, cometeu falta em Gu. Fá foi pra bola, meteu um veneno nela que a fez ir oscilando no ar e exigiu trabalho de Mazuco! A resposta veio na bela fatiada de Príncipe para André, que conseguiu matar a bola bonito, mas isolou. O lance seguinte foi quase um replay: desta vez na base da cavada, Príncipe achou Nih livre. A deixada para a bola quicar fez com que ele perdesse a chance e lamentasse muito.  
 
Quando parecia que entraríamos naquela reta final com o 0 x 0 no placar, bola na re…..anulado! Gabiru ia subindo dentro da área e testando firme pro fundo do gol, mas a juizada viu claramente ele se apoiando nos ombros de Fá para pegar impulsão e assinalou a falta. Ficou no Quase! 
 
Não importa, menos de um minuto depois, em mais uma das muitas tentativas de chute pelo meio, Nih finalmente acertou um e pegou Decão no contrapé. Bola na rede! Gol do Senta e comemoração pra lá de efusiva. 1 x 0! Agora o Senta tinha a vantagem com pouco tempo de bola rolando. Que sufoco!
 
O Oscuro precisava mais do que nunca de seus principais jogadores, mas estava difícil. A defesa do Senta era quase intransponível. Colocaram o famoso ônibus na frente da área e se defenderam como se estivesse valendo vaga na final. As chances que pintaram dali pro final foram todas muito contestadas. Lucas recebeu lateral no segundo pau e subiu dividindo pra cabecear. Bola nas mãos de Mazuco.
 
O nervosismo tomou conta da reta final e os times abusavam da ligação direta. Não deu em nada. Ficamos nisso: 1 x 0 Senta, com gol magro de Nih. Excelente vitória do Senta os Alunos, que sábado que vem duela com o Originais. O Oscuro buscará a primeira vitória e o primeiro gol frente o Kiwi SP (no último encontro das equipes houve empate: 0 x 0).
 
Ficha técnica
 
Oscuro 0 x 1 Senta os Alunos – 1ª rodada do Grupo B do Chuteira 100 – Chuteira 5
 
Gol: Nih (SA)
 
Cartões amarelos: Decão e Caioba (O); Denizio e Ian (SA)
 
MVPs: 1 - Nih (Senta os Alunos); 2 - Fá (Oscuro); 3 - André (Senta os Alunos)

Comentários

Total (0)