Notícias  » Jogos

EMOÇÃO ATÉ O FINAL

       

Originais vai buscar empate no último lance, mas cai para o Maestria na disputa de shoot outs
Uma partida para ninguém botar defeito! Repleto de emoções, o embate entre Maestria x Originais foi marcado pela luta das duas equipes até o final. Tanto que o gol salvador do Originais saiu no minuto 29! Com dois tempos distintos, o primeiro dominado pelos maestros e o segundo pelos originais, o placar de 3 x 3 foi justo. Na decisão por shoot outs, melhor para Soga e cia., que demonstraram mais tranquilidade nas cobranças – e para Bona, que defendeu uma cobrança. Maestria na semi!
 
A expectativa era de um confronto equilibrado. Mesmo tendo vencido todos os jogos do grupo, o Originais não entrou em quadra como favorito para avançar. Do outro lado, o Maestria, que foi inconsistente na primeira fase, surgiu para virar a chavinha e mostrar que no mata-mata tudo muda. E os maestros começaram atacando quando Buza cobrou lateral até a área e Bologna desviou para quase marcar. A resposta dos originais veio num arremate de média distância realizado por Manuel. Bona agarrou sem problemas.
 
Abusando da bola aérea, o Maestria conseguiu levar perigo mais algumas vezes. Em novo cruzamento no meio da bagunça, Soga virou um belo voleio, mas carimbou a marcação. Em outro repeteco, Buza alçou a pelota para Bologna desviar de cabeça, parando nas mãos de Aranha.
 
Dominando o começo da partida, os maestros passavam mais tempo com o melão, cadenciando a partida com muitas trocas de passes. Bolgona, Papinha e Perna apareciam o tempo todo para fazer a gorduchinha girar, tentando encontrar espaços na defesa adversária. E foi Papinha que conseguiu furar o bloqueio rival, após receber pela intermediária e mandar um disparo colocado. Aranha ainda conseguiu desviar, mas não evitou que a redonda parasse no ângulo! 1 x 0!
 
Os originais buscaram responder rapidamente. Gustavo subiu pelo lado direito, fez a finta e deu no meio para Dudu concluir. A pelota desviou no meio do caminho e quase entrou! Contudo, o momento era dos maestros. Primeiro, Bologna finalizou após cruzamento na área, jogando sobre o travessão. Depois, Caio do Val apareceu pela intermediária e arriscou. A esfera viajou e pingou na frente de Aranha, que não conseguiu defender! 2 x 0!
 
Mesmo com a boa vantagem, o Maestria não abdicou de atacar. Pelo contrário. Simonsen arrumou na esquerda para Buza, que não pegou bem na bola e acabou jogando fora. Soga também deu ótimo passe para Buza finalizar em cima de Aranha, perdendo boa chance. Após o lance, o arqueiro Aranha precisou ser substituído por Brito. Caio do Val foi outro que tentou em arremate de longe, mas não levou muito perigo. Logo depois, a juizada apitou para encerrar a primeira etapa.
 
O começo da segunda metade marcou a recuperação do Originais. Gustavo descolou cruzamento para o meio da confusão, Ceará pegou de primeira, mandando a pelota no ângulo! 1 x 2! Papinha tentou responder rápido alçando a esfera para Soga desviar fora. Contudo, o momento era original. Dodo arriscou de longe, a redonda passou por Bona, mas a marcação conseguiu tirar. Na sobra, Dudu apareceu com espaço para completar pra dentro! 2 x 2!
 
Depois de sofrer o empate, os maestros passaram a buscar o gol em tentativas de longe. Perna escorou para Papinha arriscar, jogando fora. Depois, o próprio Perna finalizou da faixa central para defesa de Brito. Resposta original em bola aérea de Reinaldo para Dudu, defendida por Bona. Tréplica do Maestria em belo lance de Papinha, que fez fila, arrumou e soltou um foguete, carimbando o travessão!
 
Com o passar do tempo, o confronto foi ficando aberto, com as duas equipes buscando o tento, que, àquela altura, poderia garantir a classificação. Ceará arrumou na esquerda para Gustavo, que foi ao fundo e cruzou. Bona conseguiu espalmar, e a pelota ficou para Reinaldo, que não conseguiu finalizar. O Maestria foi mais certeiro. Buza criou a jogada e fez ótimo cruzamento para a área. Simonsen surgiu com espaço para desviar de cabeça e guardar! 3 x 2!
 
Com o fim da peleja se aproximando, o Originais passou a ter mais posse de bola, caçando o gol para evitar a eliminação. Reinaldo tentou chute colocado em cobrança de falta, mas jogou fora. Dodo também buscou em chicotada de fora da área, mas parou em intervenção de Bona. Depois, Rerom escorou para Dodo mandar um arremate colocado de primeira para igualar o score! 3 x 3! Rerom ainda teve a chance da virada após aparecer com liberdade pela intermediária, mas finalizou pra fora.
 
Foi o lance derradeiro da partida, encerrada logo após. Com muita garra, o Originais foi buscar o empate no finalzinho, levando o duelo para a disputa de shoot outs! Gustavo abriu as cobranças para os originais. O jaqueta 10 avançou, arrumou e ... errou! Bola jogada pra fora e primeira cobrança desperdiçada! Soga foi o escolhido para iniciar pelos maestros. Com muita tranquilidade, o maestria 11 avançou, mandando um chute rasteiro para cravar! 1 x 0!
 
Manuel era o próximo a cobrar pelos azuis. O original 16 ajeitou e finalizou para DEFESAÇA de Bona! 0 x 1! Simonsen seria o responsável pela segunda cobrança do Maestria, que poderia classificar a esquadra. Ele avançou e concluiu com categoria para balançar o barbante e eliminar o Originais! 2 x 0!
 
Uma partida muito disputada, terminando apenas nos shoot outs! O Maestria avança para as semifinais, brigando por uma vaga na grande final contra o Entre Amigos, que eliminou o Sauna. Jogo decisivo no próximo sábado! O Originais fica pelo caminho, mas sai da competição de cabeça erguida.
 
Ficha técnica
 
Maestria 3 (2) x (0) 3 Originais – Quartas de final do Chuteira 100|Chuteira 5
 
Gols: Papinha, Caio do Val e Simonsen (M); Ceará, Dudu e Dodo (O)
 
Cartão amarelo: Gustavo (O)
 
MVPs: 1 – Soga (Maestria); 2 – Gustavo (Originais); 3 – Bona (Maestria)

Comentários

Total (0)