Notícias  » Jogos

REBAIXA OS ALUNOS

       

Sétima derrota no semestre faz devolver o Senta os Alunos ao Chuteira 5; Furião terá encontro ‘familiar’ nas oitavas
Pela primeira vez na história do Chuteira de Ouro um finalista de divisão foi rebaixado logo no semestre seguinte ao acesso. Trata-se do Senta os Alunos, vice-campeão do Chuteira 5 no primeiro semestre, mas que não se encontrou na atual Série Aço. Ao perder para o Fúria Arte por 4 x 1, somou sua sétima derrota e terminou na última posição: voltará uma casinha e terá de remar tudo de novo. O Furião, que nada tinha a ver com o drama alheio, classificou-se em 6º no Grupo B e terá um reencontro familiar nas oitavas: encara o irmão Fúria Moleque na luta por uma vaga nas quartas de final.
 
Se fosse pelo giro e tentativa de André logo no primeiro minuto (linha de fundo), o público logo apostaria em Denizio, Tambasco, Nadal, Careca, Nih – além do próprio André – para triunfar no match. O Senta os Alunos precisava dos três pontos para tentar escapar do rebaixamento. Porém, o que o público não percebeu de início foi a apatia dos alunos: sabendo que o La Coruja havia vencido o Juvena horas antes, entrou num misto de pressão e desolação. Mesmo que tenha feito 1 x 0 aos 6 minutos, quando Nih recebeu no bico da área pelo lado esquerdo para mandar no ângulo oposto, com Sucão vendido!
 
É porque Fábio Caruzo, Gabriel Carnaval, Felipinho, Bruno Gladiador e Leka já demonstravam mais disposição e, principalmente, organização tática. Prova veio antes da abertura do placar, aos 3 minutos, quando Caruzo e Carnaval trocaram passes ainda na zaga e deixaram com Felipinho na direita, ainda na quadra defensiva; ele arrancou pelo flanco e disparou a bomba, que levou perigo a Negueba. No minuto seguinte, o goleirão do SA fez boa defesa a escanteio ao brecar o pé direito de Caruzo em chute vindo da esquerda (com os alunos dando amarelo aos árbitros pelo apoio na grade do fúria 12 antes da conclusão)! Isso porque, trinta segundos antes, Bruno Gladiador já havia cruzado da direita para Leka furar a abertura da contagem...
 
Mesmo com o gol sofrido, o Fúria se mostrava mais encorpado, e empataria aos 8 minutos. Graças a Sucão, primeiramente: Gladiador perdeu a redonda e ‘armou’ o segundo tento do SA, mas Denizio parou na cara da lenda do Furião! Após o escanteio o time recuperou a posse da criança, trocou passes, até o último ser de Caruzo, e que assistência para Leka apenas completar o 1 x 1! A igualdade fez os ânimos se assentarem. Só voltaria a ter lance de emoção aos 12 minutos. E não seria qualquer lance.
 
Bola lançada para o ataque, Leka ajeitou no alto e Bruno Gladiador concluiu a virada! 2 x 1! O SA acusou o golpe e passou a ser visto como um The Walking Dead. Principalmente quando, no minuto seguinte, Leka ‘não passou’. O fúria 14 estava na quadra de defesa, foi alertado para avançar, mas foi marrento, esperando a redonda chegar aos seus pés; quando recebeu, disparou sem marcação pelo flanco esquerdo, chegou perto do bico da área e cruzou para Gladiador repetir a dupla! 3 x 1! Nem a tentativa de desconto de André, no minuto seguinte, tirou a concentração de Sucão – este muito bem ao defender a potência do SA 19!
 
O match já estava liquidado. O que se viu em diante foram dois times mais destruindo do que construindo. Tanto que o pedido de tempo do Senta os Alunos aos 23 minutos foi o reflexo do desânimo do time – isso porque o retorno foi de um marasmo sem precedentes, com nenhuma tentativa digna de nota ao público antes do intervalo. Então, é melhor contar aos leitores que, antes do break do SA, Thiago Motta havia batido a carteira de Tambasco e entregue para Mateus Elton arrancar pela esquerda e mandar um cruzado - rasteiro - que assustou Negueba, e que, depois, Nadal cobrou falta na barreira e o ‘alívio-chute’ veio com Caruzo: a bola viajou e Negueba teve de jogar a escanteio para não ser encoberto!
 
Denizio, André, Nadal, Careca, Branco e Tambasco tinham a missão de uma virada histórica na etapa final. Tudo porque o Titans estava no começo de sua partida contra o Basicus. Ainda dava para escapar da degola. Porém, Rafa, Adriano Motta, Fábio Caruzo, Thiago Motta, Gabriel Carnaval e Mateus Elton já entraram dispostos a alcançar a classificação ao Fúria. Sem contar Sucão, que seria a liderança necessária ao time, já mostrando isso aos 40 segundos da etapa final quando encaixou com as mãos chute forte de Nadal!
 
O Senta os Alunos queria emplacar sua segunda vitória seguida e por isso foi à luta. Aos 2 minutos, Careca tocou para André, que afundou para o AS 21 na esquerda (com Denizio como opção também), mas o chute foi torto! Ponha o pé na forma, Careca! Só que o Furião logo mostrou poder de reação quando, no minuto seguinte, Rafa travou Denizio após cobrança de falta aos alunos e Caruzo passou para o velocista Mateus Elton chutar cruzado, mas para fora. Passados 30 segundos, outra vez Rafa no rolê, agora acionando Adriano Motta – que só não marcou pois Negueba saiu bem de sua meta para evitar o que seria inevitável no final!
 
A etapa derradeira estava corrida pelo menos. A disposição dos times era nítida, embora o SA já começasse a demonstrar apatia em meio à marcação pesada do Furião. Assistindo de camarote estava o pessoal do La Coruja. Um empate dos alunos já seria suficiente aos corujas encararem o Furinha nas oitavas, só que Fábio Caruzo não queria saber de férias antecipadas e cacetou em cobrança de falta aos 5 minutos. Dois minutos depois, foi Nadal quem bateu uma infração. Ambos mandaram por cima dos arcos. O Fúria voltou ao ataque logo depois com Felipinho parando em Negueba, e no minuto 9, uma pausa para a troca de elogios e carinhos entre Adriano Motta e André. A baladinha estava sendo marcada pelos meninos enquanto o jogo rolava.
 
O ponteiro alcançou o minuto 12 e drama ao Fúria? Sim: quinta falta coletiva, e porque, logo depois, Tambasco desviou escanteio de cabeça, mas apenas assustou Sucão. O Senta os Alunos pediu tempo na busca por uma solução para, ao menos, empatar – afinal, o Titans poderia ir para o Chuteira 5 ao invés dos alunos. Só que o time não seria mais aquele que encantou o universo do Chuteira de Ouro quando só foi parado pelo Zero 13 no semestre passado. Primeiro que, imediatamente após o recomeço, lançamento para Gladiador fazer o pivô para Diogo arriscar por cima da meta de Negueba. Segundo: na meta do Furião havia um mito...
 
Aos 18 minutos, Caruzo cobrou falta na barreira e Nadal disparou no contra-ataque, pedalando para cima do marcador e arriscando, mas Sucão saiu bem do gol para defender o chute rasteiro com o pé! No minuto seguinte, novo contragolpe para o SA, dessa vez com Nih chicotando da intermediária: o arqueiro do Furião fez defesa tão cinematográfica quanto filmes de Martin Scorsese! Ainda teria outra salvaguarda tão importante quanto, mas, antes, quem fez boa intervenção foi Negueba ao parar o cruzado de Leka da direita!
 
O clímax ao Senta os Alunos chegou quando Bruno Gladiador caiu na área e o Fúria reclamou penalidade. No contragolpe, Nadal foi à lona, e o time que conta com Leo reclamou bastante. O próprio SA 77 carregou a criança, pedalou e chutou, mas lá estava Big Juice para defender o shoot out com o joelho esquerdo! O Furião era só vibração, tanto que Caruzo arriscou perto dos 24 minutos – para fora – antes de sua equipe esfriar o momento pedindo tempo técnico.
 
O Senta os Alunos nem se reuniu. Ficou apenas esperando o adversário conversar. O abatimento era tamanho que o retorno foi amargo à equipe – principalmente quando Nadal calçou Leka – cometendo a sexta falta coletiva do SA. O próprio fúria 14 levou para deslocar Negueba, fazer 4 x 1, classificar o Furião para encarar o Furinha pós-feriado, e de quebra, confirmar o descenso do SA ao Chuteira 5! O La Coruja já tinha ido embora para casa.
 
Ficha técnica
 
Fúria Futebol Arte 4 x 1 Senta os Alunos – 9ª rodada – Final de classificação do XIV Chuteira de Aço
 
Gols: Leka (2) e Bruno Gladiador (2) (FFA); Nih (SA)
 
Cartões amarelos: Gabriel Carnaval, Adriano Motta e Felipinho (FFA); André (SA)
 
MVPs: 1 – Fábio Caruzo (Fúria Futebol Arte); 2 – Leka (Fúria Futebol Arte); 3 – Bruno Gladiador (Fúria Futebol Arte)

Comentários

Total (0)