Notícias  » Jogos

VIRADA ORIGINAL!

       

Originais faz grande 2° tempo, vira o jogo e vence o Senta os Alunos
Jogaço entre Senta os Alunos e Originais. Após dominar as ações e conseguir abrir vantagem no primeiro tempo, o SoA caiu de rendimento na segunda etapa e viu o Originais voltar melhor, virar a partida para 3 x 2 e se manter com 100% de aproveitamento na competição. Antes de a redonda entrar em jogo, a expectativa era por uma peleja bastante física, intensa e de poucos espaços. Isso porque ambas as esquadras haviam saído vitoriosas na semana passada, com vitórias magras de 1 x 0. Dito e feito. Por mais que tenhamos tido defesas sendo vazadas dessa vez (bom pra nós!), o jogo foi bem parelho e emocionante. 
 
O Originais foi quem deu as duas primeiras investidas. A mais perigosa na tentativa de Johny, buscando a chapada colocada e mandando por cima da meta de Mazuco. O Originais procurava rodar a bola e não encontrava muitas soluções. Iniciava a partida travado na marcação, impossibilitando que seus homens de frente finalizassem. Do outro lado, o começo também foi meio pobre na criação. O jogo parecia mesmo que iria pelo caminho do prognóstico anterior, até começar a aparecer a figura de Chico. Ele quase anotou em jogadinha rápida de lateral, na qual ele cobrou, recebeu de primeira e mandou ver o tijolo. Ela iria entre o goleiro e a trave, mas subiu um pouquinho além da conta e beliscou o travessão! Chegou bem o Senta!
 
Aí foram bons minutos de disputa em quadra. Careca fazia boa marcação e impedia o trabalho de bola de Reinaldo, Johny e etc. Até que, após vários ataques frustrados de ambas as equipes, André descolou uma belíssima puxada de bola pro lado esquerdo da cancha, avançou com ela e rolou docinha para Príncipe só empurrar de chapa. 1 x 0!
 
Sem “sentar” no resultado, Príncipe tentou conduzir o Senta a aumentar o placar, aproveitando a confiança do gol. Sofreu falta de Johny quando arrancava em velocidade. Nadal bateu e a bola passou relativamente perto do gol de Aranha. O Originais fazia um primeiro tempo ruim e tentava vez ou outra com mais perigo. Dudu chegou batendo uma pela direita e mandou por cima. Ainda não tinham acertado a casinha de Mazuco. A bola se ofereceu novamente para Johny quando Careca, em rara bobeira, errou passe na saída. Mas o original 22 foi bloqueado e o chute também não foi na meta. Dureza para o Originais. 
 
Como a troca de passes não fluía da maneira desejada, Johny tentou improvisar e aplicou uma canetassa em Gal, que ficou sem pai nem mãe, mas a bola correu um pouco demais na adiantada e Careca fez o corte. Ele saiu puxando o contra e arriscou do meio de quadra. Mais uma fora. 
 
Com o final do primeiro tempo já chegando, um tempo técnico não foi má ideia para os originais. Eles pediram e voltaram um pouco mais ligados, por mais que o jogo seguisse na mesma toada de muita intensidade e poucos espaços. Era preciso algo a mais. Gui recebeu no pivô e girou lindamente na área, mas o passe saiu atrás da linha do corpo de Dudu. Que chance! Aí Bruninho foi parado na marra por Zizao e pediu a bola, com confiança, pra bater. O menino estava com cara de que iria aprontar. Armou o pé direito e disparou um míssil no travessão de Aranha! Que pancada! Deve estar balançando até agora. Quase o Senta ampliou a vantagem na bola parada! 
 
O primeiro tempo do Originais realmente não era bom. Muitos laterais pra área e pouca criação. Mesmo assim, conseguiu igualar o marcador já bem próximo do intervalo. Mazuco saiu jogando mal e Zizao bateu prensado com a marcação. No escanteio, a bola quicou no segundo pau na frente de Rerom, que, de canhota, bateu forte entre Mazuco e a trave para empatar a peleja. 1 x 1! 
 
Saía no lucro o Originais pelo primeiro tempo, mesmo que começasse a mostrar que teria potencial para buscar o resultado. Mas parece que o futebol tratou de corrigir o “placar injusto” pelo que foi a primeira etapa. Ainda no último respiro da etapa inicial, Aranha foi driblado dentro da área por Bruninho e cometeu o penal. Bola na marca da cal. Nadal, mesmo ouvindo muita provocação do banco do Originais, bateu forte no alto e colocou o Senta novamente em vantagem. 2 x 1! Final de primeiro tempo! 
 
Durante o intervalo, nota-se os dois times bastante focados e querendo alcançar os seus objetivos. Na volta, o que se viu desde o princípio foi uma postura diferente do Originais. Visivelmente mais organizado, não se lançava na marcação pressão e esperava uma bobeira do Senta para tentar empatar. 
 
O Originais passava a querer gostar do jogo. Ainda de maneira bem tímida, mas parecia que lentamente o jogo ia passando para o lado deles. Escanteio pelo lado esquerdo do ataque, novamente a bola cruzou toda a extensão da área e chegou em Rerom (de novo!), só que dessa vez ele carimbou o travessão! A bola ainda ficou viva pela direita do ataque do Originais com o próprio Rerom. Ele trabalhou no meio com Reinaldo e Isaque, que bateu forte no canto e empatou o jogo mais uma vez, no comecinho da segunda etapa! 2 x 2!
 
Agora o jogo estava literalmente aberto. Era 0 x 0 de novo, só que com um Originais mais motivado pelo empate. Ainda assim, o Senta foi quem quase marcou o terceiro. A dupla André e Príncipe fez a jogada e movimentou pra Nadal bater no meio do gol, fácil para Aranha. O duelo entre Reinaldo e Príncipe também pegava fogo – enquanto Rerom queria decidir. Primeiro ele canetou Careca de forma espetacular e bateu na rede pelo lado de fora. Quase a virada! Se no último lance ficou no “uh”, Isaque foi ao fundo e cruzou pra Rerom aparecer e anotar o doblete! Virada do Originais mais ou menos na metade do segundo tempo! E é bom que se diga: merecida! 3 x 2! 
 
O Originais cresceu com o resultado. Falta de Ian em Reinaldo pelo lado direito do ataque. Tiago pegou a bola, deu beijinho e toda a pinta de que fuzilaria a caixa de Mazuco. Mas o original 99 optou por um passe no segundo pau pra Dudu, que finalizou errado. No lance seguinte, nova falta cometida pelo Senta. Dessa vez foi Careca quem parou Reinaldo. Isaque pegou a bola e mandou pra fora. O Senta ficava nervoso porque não conseguia mais criar como no primeiro tempo, e via aos poucos o resultado distante de seu alcance.
 
Se o cansaço já era visível, ficou ainda mais evidente quando Nadal engatilhou um chute e mandou quase na lateral. Lance típico de quando o corpo já não responde àquilo que o cérebro pensa. No ataque seguinte, a bola enroscou na rede de proteção e Aranha, aproveitando o trocadilho com o nome, escalou a grade pra recuperar a redonda e fez a festa da galera que acompanhava do lado de fora. Já era um clima leve. 
 
Johny e Isaque desperdiçaram duas chances de matar o jogo e quase viram Príncipe, aproveitando a roladinha de André, igualar o placar na base da raça, mas o foguete explodiu em cima de Johny e saiu da trajetória do gol. Ainda restaram alguns instantes de tensão no final do jogo, quando ambos os times estavam com cinco faltas, mas o Originais conseguiu segurar a bola e o jogo finalmente terminou. 3 x 2! Que vitória de virada! Muita comemoração e festa dos jogadores depois do apito final.
 
Com o triunfo, o Originais agora soma 6 pontos e tem 100% de aproveitamento. Na próxima rodada fará o duelo dos invictos contra o Kiwi. Já o Senta sente o gosto amargo da primeira derrota e fica com os 3 pontos conquistados diante do Oscuro. Buscará a reabilitação diante do reabilitado Entre Amigos. 
 
Ficha técnica
 
Originais 3 x 2 Senta os Alunos – 2ª rodada do Grupo B do Chuteira 100 | Chuteira 5 
 
Gols: Rerom (2) e Isaque (O); Príncipe e Nadal (SA)
 
Cartões amarelos: Aranha, Johny, Zizao, Dodo e Reinaldo (O); Ian e Nadal (SA)

MVPs: 1 - Rerom (Originais); 2 - Príncipe (Senta os Alunos); 3 - Reinaldo (Originais)

Comentários

Total (0)