Notícias  » Jogos

A BATALHA DE WATERFELL

       

Debaixo de forte temporal, Midfielders e GW Altino travam confronto digno de coliseu; espectadores aos berros, golpes dos dois lados e aplausos ao fim do embate
Um verdadeiro duelo de líderes na Arena Chuteira de Ouro 10. Visando as primeiras posições, Midfielders e GW Altino entraram em quadra prontos para a guerra. O jogo foi bem disputado, com as duas esquadras alternando bons momentos. Destaque para o setor defensivo do GW Altino, principalmente Carlão, que pegou um shoot out e salvou sua equipe. Pelo lado dos meio-campistas, o jogo coletivo funcionou bem, faltando capricho nas finalizações para marcar mais vezes. Ao final da peleja, o resultado não poderia ter sido outro além do empate em 3 x 3.
 
A manhã agradável de sábado já havia ido embora. Àquela altura, os raios de luz davam espaço às nuvens carregadas. Tempo nublado e feio, clima de tensão no ar. GW Altino e Midfielders entraram em quadra sob esse cenário. Logo no começo, a forte chuva tratou de dar um ar ainda mais especial ao confronto. Ao melhor estilo Neo x Sr. Smith em Matrix, as equipes brigavam por cada espaço na encharcada Arena Chuteira de Ouro 10.
 
A barulhenta torcida do GW Altino, que não parava de reclamar com a arbitragem, também era parte do cenário montado para o jogo. Afinal, que espetáculo é feito sem plateia? Mais acanhados, os torcedores dos meio-campistas também estavam presentes e tiveram motivo para comemorar primeiro, quando o Midfielders desferiu o primeiro golpe do confronto. Vevê rolou na intermediária para Renato, que soltou uma pedrada. A bola tomou velocidade e só parou quando balançou o barbante! 1 x 0!
 
Apostando nos golpes de longa-distância, a equipe branca e rosa assustou novamente. Barrucho emendou uma chicotada do campo defensivo, que só parou na boa defesa de Carlão. A resposta do Altino não tardou. Guguinha mandou um balaço à meia-altura, que desviou no meio do caminho e estufou a rede! Tudo igual! 1 x 1! Guguinha, novamente, experimentou de longe para defesa de Pigossi. Na sobra, Fraga tinha o caminho livre para marcar, mas acabou finalizando em cima do arqueiro rival.
 
Os meio-campistas estavam se adaptando melhor ao gramado molhado, passando a frequentar mais o setor ofensivo. Justin subiu pela direita, encontrou liberdade e mandou um chute cruzado, que passou por todo mundo e foi fora. O Altino, que derrapava demais em quadra, acabou estourando o limite de faltas, dando um shoot out para o Midfielders. Vevê foi para a cobrança, adiantou e finalizou para uma DEFESAÇA de Carlão!
 
O que era ruim ainda iria piorar. Fraga alçou a pelota na área, Diego surgiu sozinho e só teve o trabalho de escorar pra dentro! Olha a virada! 2 x 1! Foi o último lance da primeira parte da encharcada batalha, que seguiria após a troca de lados na quadra.
 
O gol de vantagem não foi o suficiente para o GW deixar de atacar. A segunda metade começou com lateral cobrado para a área e testada de Diego que passou ao lado da meta. O Midfielders, precisando do empate, perderia uma chance inacreditável. A pelota pipocou no meio da bagunça e sobrou para Justin, que só precisava empurrar para o gol aberto, mas pegou mal e acertou a marcação! Esse gol faria muita falta ...
 
Pelo menos o tento perdido não abalaria as estruturas da jovem equipe branco e rosa. Ao contrário, serviu de combustível para os meio-campistas seguirem pressionando. Sentindo o bom momento, Renato cruzou para o meio da confusão, Justin subiu sozinho, mas mandou fora. Em lance similar ao primeiro gol, Renato escorou para Vevê desferir o golpe, desviado à linha de fundo por Carlão. Pigossi, ao melhor estilo armador, encontrou Vevê no setor ofensivo. O midfielder 7 ajeitou para a direita e disparou um míssil para igualar o placar! 2 x 2!
 
O momento era deles e o acanhado GW Altino tentava se segurar de qualquer maneira no campo defensivo. D’Alessio enfiou na esquerda para Renato finalizar ao lado do poste. Barrucho dominou no ataque, meteu um chapelaço na marcação e finalizou, parando em Carlão. Vevê cobrou corner para a área, Amaral apareceu para desviar jogando sobre o travessão. Para quem acompanhava a peleja, era nítido que alguma hora a pressão surtiria efeito. Vevê criou o lance pelo meio, fintou a zagueirada e abriu para Barrucho finalizar colocado, sem chances para Carlão! Nova virada no placar! 3 x 2!
 
Pouco mais de 10 minutos separavam o Midfielders da vitória, mas o cansaço já era claro àquela altura. O Altino, que ficou mais tempo se defendendo, ainda tinha fôlego para ao menos buscar o empate. Wever escapou pela faixa central e emendou uma paulada defendida por Pigossi. Guiga construiu o lance pela ponta direita e cruzou até o meio para a zaga afastar. Na sobra, Fraga arriscou de longe e Pigossi, que vinha bem no jogo até então, acabou aceitando! Tudo igual! 3 x 3!
 
Foi o fôlego final do GW, que se igualou em cansaço ao Midfielders. Muito toque de bola e poucas conclusões, tirando a finalização de Amaral que beijou o poste da equipe de Osasco! Régua passada para concluir a batalha de waterfell! O confronto movimentado terminou num justo empate: ruim para os dois, que teriam chegado à liderança em caso de vitória.
 
Ainda assim, as duas esquadras estão bem posicionadas na tabela, seguindo firmes para buscar a vaga no mata-mata. Na segunda posição com 5 pontos, o GW Altino tem confronto de ‘seis pontos’ frente ao líder Acidus, que foi derrotado no clássico contra o Basicus. Em terceiro lugar com 4 pontos, o Midfielders encara o lanterna Titans.
 
Ficha técnica
 
GW Altino 3 x 3 Midfielders – 3ª rodada do Grupo B do Chuteira 100 | Aço
 
Gols: Guguinha, Diego e Fraga (GWA); Renato, Vevê e Barrucho (M)
 
Cartões amarelos: Guiga e Junior (GWA)
 
MVPs: 1 – Guiga (GW Altino); 2 – Vevê (Midfielders); 3 – Renato (Midfielders)

Comentários

Total (0)